FANDOM


A EA survey é uma enquete anual feita com os altruístas eficazes a fim de traçar um perfil demográfico, coletar dados sobre doações e aferir a percepção interna do próprio movimento.

EA survey 2015

A EA survey de 2015, uma enquete feita em novembro de 2015 com 2352 membros do movimento constatou algumas características demográficas: [1]:

  • Em maior parte localizados nos EUA (48%) e Reino Unido (18%). Mas com participações consideráveis também da Austrália (6%), Alemanha (5%) e Canadá (5%). O Brasil tem 0.86%. Membros de mais de 50 países responderam.
  • As cidades com mais AEs são a Bay Area de São Francisco e Londres, seguidas por Boston e Nova York.
  • Aproximadamente 3 homens para cada mulher.
  • Idade mediana de 26 anos.
  • 37% são estudantes.
  • 13% pretendem ou trabalham diretamente em ongs e 36% em outras áreas para doar sua renda.
  • 23% trabalham com programação e 12% tem alguma formação em filosofia.
  • 87% não religiosos, 9% cristãos, 3% judeus, 2% budistas e 1% outros.
  • 69% adotam éticas consequencialistas, 5% adotam éticas de virtude, 3% éticas deontológicas.
  • 39% são vegetarianos e destes metade são veganos.
  • 34% dos AEs vêem o Altruísmo Eficaz como uma oportunidade, 21% como uma obrigação e 42% como as duas coisas.
  • AEs doaram US$6,32 milhões em 2014.
  • A doação anual mediana foi de US$333. A de estudantes foi US$100, enquanto a de não estudantes foi US$1000.
  • A porcentagem da renda doada mediana foi de 3%. 25% doaram 1% ou mais da sua renda. 10% doaram 10% ou mais, 0.78% doaram 50% ou mais.
  • As instituições recebendo mais doações foram AMF (muito mais), SCI, GiveDirectly, GiveWell, DeWorm The World e MIRI.
  • Pobreza foi de longe a causa mais popular. Outras causas apoiadas foram priorização de causas, ambientalismo, futuro da humanidade, meta-caridade, política, racionalidade e causa animal.
  • As causas mais vetadas foram inteligência artificial, política e causa animal, mas também com uma porcentagem considerável em ambientalismo, racionalidade e futuro da humanidade.

EA survey 2014

A EA survey de 2014, uma enquete feita em maio de 2014 com 814 pessoas que se identificavam como membros do movimento constatou algumas características demográficas [2]:

  • 70% localizados nos EUA, Reino Unido e Austrália. Mas com participações consideráveis também do Canadá, Suiça, Alemanha e Finlândia. Membros de mais de 50 países responderam.
  • As cidades com mais EAs são São Francisco (Bay Area), Londres e Oxford.
  • Aproximadamente 3 homens para cada mulher.
  • Idade mediana de 25 anos.
  • 36% estudantes vs 46% não estudantes.
  • 70% ateus, 4% cristãos, 1% budistas, 1% judeus e 3% outros.
  • 69% adotam éticas consequencialistas, 5% adotam éticas de virtude, 2% éticas deontológicas e 20% outras posições.
  • 33% são veganos ou vegetarianos.
  • EAs doaram US$5,23 milhões em 2013.
  • 238 doaram 1% ou mais da sua renda. 84 doaram 10% ou mais, 16 doaram 50% ou mais. A maior parte dos que não doam são estudantes sem renda própria.
  • As 5 instituições recebendo mais doações foram AMF, SCI, GiveDirectly, MIRI e GiveWell.
  • Pobreza foi a causa mais popular, seguida por metacaridade e racionalidade. Mas muitos também escolheram priorização de causas, riscos de inteligência artificial, ambientalismo, riscos existenciais, causa animal, política e futuro distante.

Entretanto, a divulgação da enquete provavelmente fez com que alguns subgrupos fossem amostrados mais que outros (particularmente a comunidade racionalista do LessWrong), de maneira que os dados podem não refletir a composição da comunidade de forma representativa (especialmente em relação a proporção de homens, vegetarianos e estudantes).

Veja também

Referências

  1. EA Survey 2015 - Effective Altruism Forum
  2. EA Survey 2014 - Effective Altruism Forum